Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Novembro 2017 nº64 Ano XV
ARCO – 2; Sporting CP - 4
Golos no campo, festa na vila
jogo1.jpgA Associação Recreativa e Cultural de Oleiros sabia que não iria ter tarefa fácil ante o Sporting Clube de Portugal, na terceira eliminatória da Taça de Portugal. Ainda assim, a equipa de Oleiros deu boa réplica, acabando por perder por 4-2, num jogo em que a formação leonina apresentou algumas das promessas do seu plantel.
Estádio Municipal de Oleiros.
Árbitro: Gonçalo Martins.
ARC Oleiros: Luís Pedro; Bruno Cardoso, Tiago Gomes (capitão), Liu, Pedro Luís, Vasco, Guilherme (Djô Djô, ao intervalo), Victor Lira, Ivan, Leandro (Diego, ao intervalo) e Jackson (Tak, aos 85').
Treinador: Natan Costa.
Sporting CP: Romain Salin; Jonathan Silva, André Pinto, Bruno César (capitão), Stefan Ristovski, Daniel Podence (Marih Demiral, aos 88'), Mattheus Oliveira (Jovane Cabral, aos 80'), Radosav Petrovic, Gelson Dala (Rafael Leão, aos 70') e João Palhinha.
Treinador: Jorge Jesus.
Golos de João Palhinha (26' e 63'), Matheus Oliveira (43') e Rafael Leão (86').
Disciplina: cartão amarelo para Matheus Oliveira, aos 13', e para Stefan Ristovski, aos 40'.
Mesmo apresentando uma equipa sem os habituais titulares, o Sporting Clube de Portugal mostrou-se em Oleiros com um onze muito competitivo, onde João Palhinha, Daniel Podence e Bruno César foram os jogadores que mais se destacaram. O Oleiros, mais defensivo, tentava surpreender o seu adversário através de lançamentos longos para aproveitar a velocidade de Jackson.
A primeira parte foi dominada pelo Sporting que, com naturalidade, chegaria ao primeiro golo aos 26 minutos, por intermédio de João Palhinha. O Oleiros tentou reagir, mas seria o Sporting a aumentar o marcador ainda antes do final da primeira parte, através de Mattheus Oliveira.
No segundo tempo, o técnico da ARCO fez duas alterações, abrindo mais a sua frente de ataque e criando mais perigo junto da baliza leonina. É certo que foi o Sporting quem aumentou a vantagem, para 3-0, aos 63', por João Palhinha. Mas durante alguns minutos o Oleiros conseguiu ter o domínio do jogo, acabando por chegar ao seu primeiro golo, por Jackson que fugindo ao seu adversário mais direto, acabaria por rematar forte. Com este golo, a equipa de Oleiros acreditou que poderia reduzir ainda mais o marcador. No entanto, o avançado oleirense teve que ser substituído, aos 85'. Um minuto depois o Sporting, que estava a dominar o jogo, aumentou o marcador para 4-1.
O segundo golo da formação da casa surgiu aos 90 minutos por intermédio de Djô Djô. O resultado ajusta-se ao futebol praticado pelas duas equipas.
Arbitragem em bom plano.

Enviar por E-mail

(* campos de introdução obrigatória)
Francisco Carrega
 

 
Edição Digital - (Clicar)
Últimas
    Meteorologia
    Céu Limpo
    domingo 19-11-2017
    Céu Limpo
    Máx: 19º | Mín: 6º
    Céu Limpo
    segunda-feira 20-11-2017
    Céu Limpo
    Máx: 19º | Mín: 4º