Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Abril 2019 nº70 Ano XI
Oleiros, Pampilhosa da Serra e fundão
Ponte suspensa de Siza Vieira junta concelhos no Zêzere

zebro.jpg

A chamada garganta do Zêzere, que une os concelhos de Oleiros, Pampilhosa da Serra e Fundão, vai ter uma ponta suspensa cujo projeto será da autoria do arquiteto Siza Vieira. O investimento é de cerca de dois milhões de euros, e a aposta é conjunta daqueles três concelhos, que têm a expetativa de poderem vir a usufruir de fundos comunitários.
Em declarações ao Oleiros Magazine, Fernando Jorge, presidente da Câmara, revela que irá ser uma estrutura que irá captar turistas de todo o mundo, pois também surge integrada na chamada Rota dos Apalaches.
O autarca adianta que a ponte suspensa terá uma altura de 250 metros. "É uma obra que vai beneficiar os três concelhos", assegura Fernando Jorge. De resto a verba correspondente ao concelho de Oleiros já está integrada no Orçamento do Município para 2019, aprovado por unanimidade na última Assembleia Municipal.
Recorde-se que Siza Vieira é um dos mais conceituados arquitetos do mundo, tendo vencido os prémios Pritzker e Wolf de Artes, Medalha de Ouro do RIBA, Medalha Alvar Aalto e Medalha de Ouro UIA.
A aposta naquele território não se fica por aqui. Fernando Jorge explica que o Município de Oleiros vai recuperar o miradouro do Zebro. "É um miradouro que está na Serra do Moradal. A ideia fazer toda a requalificação desse espaço, instalando ali uma plataforma que terá um salão com 70 metros quadrados a mais de 300 metros de altura que vai ser uma atração turística muito grande", explica.
Esta aposta vem reforçar ainda mais o já reconhecido Trilho dos Apalaches "que atravessa grande parte da Serra do Moradal, assim como o miradouro do cabeço Mosqueiro, no Orvalho, o qual depois também irá ser prolongado até à ponte suspensa".



Enviar por E-mail

(* campos de introdução obrigatória)