Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Agosto 2018 nº67 Ano XV
Voluntários da Dignitude estiveram presentes
Geo Rota do Orvalho mais limpa
dignitude5.jpgA Associação Dignitude juntou mais de 100 voluntários, de Lisboa e do Porto, e veio limpar, através de uma ação solidária, a Geo Rota do Orvalho, a qual foi afetada pelos incêndios florestais do último ano. 
A iniciativa esteve integrada no programa Abem - Rede Solidária do Medicamento, com quem a autarquia de Oleiros tem um acordo de cooperação, e culminou com um jantar no Cabeço do Mosqueiro, em Orvalho, onde o maestro Rui Massena proporcionou a todos um concerto ao piano. Um final de tarde em que marcaram presença a secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, bem como a coordenadora geral da Dignitude, Maria de Belém Roseira, além dos presidentes da Câmara de Oleiros, Fernando Jorge; da Cáritas Portuguesa, Eugénio Fonseca; da Cáritas Diocesana de Santarém, Maria Túlia Correia; da ARS Alentejo, José Robalo; da ARS de Lisboa e Vale do Tejo, Luís Pisco; e da Associação, Paulo Duarte.
O trabalho foi feito no trilho junto à Fraga de Água D'Alta, geomonumento, integrado no Geopark Naturtejo, o qual constitui uma das principais atrações turísticas do concelho. Paulo Urbano, atual vereador da cultura e do turismo e que nos mandatos em que foi presidente da Freguesia de Orvalho criou aquela rota, abordou esta iniciativa de forma emocionada. 
Para a secretária de Estado, Ana Sofia Antunes, (citada em nota de imprensa do município) "por vezes é frustrante não poder fazer mais, e mais rápido". Aquela responsável diz ter "a noção de que existe ainda muito a fazer e é por isso que as medidas de apoio aprovadas em outubro foram prorrogadas".
Fernando Jorge aproveitou o momento para lembrar que as iniciativas de cariz social "vão representar um custo de 100 mil euros em 2018, sendo claro para este município que as necessidades neste âmbito são muitas e são prioritárias, relembrando o corte que foi feito no orçamento da Feira do Pinhal no sentido de canalizar estas verbas para as Freguesias afetadas". 
Maria de Belém Roseira, antiga ministra da saúde e coordenadora-geral da Dignitude,  citada na mesma nota de imprensa, informou que "por cada euro investido, o retorno social é de 7,8 euros", o que na sua opinião representa um verdadeiro enriquecimento na recuperação da dignidade, autoestima, confiança e tranquilidade das pessoas beneficiadas numa coisa tão básica como é o acesso à saúde". 
dignitude3.jpg

Enviar por E-mail

(* campos de introdução obrigatória)