Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Agosto 2018 nº67 Ano XV
Programa apresentado em conferência de imprensa
Feira do Pinhal aposta na solidariedade

feira.jpg

A edição deste ano da Feira do Pinhal, que decorre de 8 a 12 de agosto, em Oleiros, assume uma componente solidária. A inauguração será feita pelo Secretário de Estado das Florestas, Miguel Freitas, no dia 8, pelas 18H30.

A autarquia apostou numa redução de custos e vai alocar cerca de 80 mil euros às juntas de freguesia "para implementar mecanismos de limpeza e construção, assim como de combate aos incêndios". O anúncio foi feito em conferência de imprensa, por Paulo Urbano, vereador responsável por um certame que este ano ganhou também o selo ecológico "Eco-Evento", numa parceria com a Valnor.
A Feira do Pinhal será inaugurada às 18H30 do dia 8 de agosto, com a atuação dos bombos do GAIO. O programa inclui estátuas ao vivo no recinto da Feira e o Festival de Artes da Beira Baixa (evento que decorrerá até sábado). No primeiro dia atuará FF com o Orfeão de Castelo Branco. A noite termina com Tiago Silva.
O certame abrirá todos os dias às 18H00 e encerrará à meia noite. Na quinta-feira atuam os artistas Rosinha e Miguel Agostinho.
O IX Festival Internacional de Acordeão realiza-se sexta-feira à noite, seguindo-se a atuação de Bárbara Bandeira. Já no recinto de Festas de Santa Margarida vão atuar, a partir da meia noite e meia, os Dj Ruben da Cruz e Alex G. No sábado encerra o Festival das Artes da Beira Baixa. O último dia do certame volta a apresentar um espetáculo de estátuas vivas.
O Dia do Concelho começa na noite de domingo para segunda com um espetáculo piromusical, a cargo da Pirotecnia Oleirense, iniciando-se deste modo as comemorações do Dia do Concelho. Uma data assinalada com vários momentos, como a sessão solene com a atribuição de distinções honoríficas (Pinha de Mérito) a João Mateus (Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Oleiros), Padre António Neto (Centro de Dia de Estreito) e António Natário (Centro Social do Orvalho). Na cerimónia serão ainda assinados os protocolos de execução com associações do concelho.
A apresentação do livro "Estudo da Endemia de Bócio no Concelho de Oleiros e Terras limítrofes", da autoria de Fernando Dias de Carvalho, numa edição da RVJ Editores, é outro dos momentos importantes. Uma apresentação que decorrerá no salão nobre dos Paços do Concelho, pelas 15H00.
À noite no recinto de festas de Santa Margarida atuarão Mário & Companhia, o grupo Sangre Ibérico e o DJ Shark.
Durante a conferência de imprensa de apresentação do certame, Fernando Jorge, presidente da Câmara de Oleiros, referiu que a decisão de "reduzir custos no programa da feira foi tomada pelo executivo e surge em virtude dos incêndios que o concelho viveu no ano passado". O presidente de Oleiros adiantou que considera que "o programa está bem conseguido e não irá tirar brilho à Feira do Pinhal".
Paulo Urbano lembrou, na mesma conferência, que não fazia sentido que não se reduzissem os custos "havendo tanta gente com tantas e tão sérias necessidades e também tendo em consideração os muitos particulares e instituições que nos têm apoiado desde a primeira hora". Esta redução de custos vem afetar apenas os espetáculos e os artistas contratados, uma vez que tudo o resto se mantém inalterado. Um dos espetáculos sacrificado foi o de sexta-feira. "Era um espetáculo único em Portugal, mas representava um grande investimento. Devido às suas caraterísticas não havia forma de reduzir o custo. Ou se fazia ou não se fazia. Já no que respeita aos artistas, fomos para um leque mais barato, que nos garante também dignidade à feira", justificou Paulo Urbano.
Na Feira do Pinhal estará em destaque a gastronomia da região e a valorização do património, com a inauguração no dia 10, pelas 18H00, da Rota do Religioso.




Enviar por E-mail

(* campos de introdução obrigatória)