Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Abril 2017 nº62 Ano XV
Loja social abre em Oleiros

social.jpgA Loja Social de Oleiros foi inaugurada, no passado dia 31 de maio, e pretende apoiar   famílias carenciadas, através da atribuição de um crédito que permitirá o acesso a artigos novos ou usados, doados por cidadãos e/ou entidades públicas/particulares.

Em nota de imprensa, a autarquia de Oleiros revela que este projeto "procura dar resposta a necessidades essenciais e prioritárias das famílias mais vulneráveis, através da prestação de um apoio social (mediante a atribuição de um crédito em "Pinheiros", nome da moeda social criada para o efeito) que facilitará o acesso a bens como vestuário, calçado, brinquedos entre outros".

Diz o mesmo comunicado que "para além desta resposta prevê-se ainda o encaminhamento para outras respostas institucionais do concelho/distrito, sempre que se evidenciem outras necessidades".

De referir que este é um projeto do CLDS 3G "Novos Desafios de Oleiros", em parceria com o Gabinete de Ação Social do Município, a SustentAbraços e a Santa Casa da Misericórdia de Oleiros. Nesta fase inicial, o período de funcionamento da loja será às terças-feiras das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00 que está localizada no 1º andar do edifício da Santa Casa da Misericórdia de Oleiros.

Na inauguração estiveram presentes elementos do Conselho Local de Ação Social de Oleiros como as IPSS do concelho, as Juntas de Freguesia, o Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade, GNR, BVO, Centro de Saúde de Oleiros, Câmara Municipal de Oleiros, Pinhal Maior, Segurança Social e IEFP, contando também com a presença da Proteção Civil Municipal e CPCJ. Estas entidades serão uma peça chave em futuras sinalizações. Também esteve presente a SustentAbraços, parceira do CLDS neste projeto.

De destacar a presença do Diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Castelo Branco, António Melo Bernardo, do Diretor do IEFP de Castelo Branco, Leopoldo Rodrigues e ainda do Coordenador da Pinhal Maior, Augusto Nogueira.  Todos convergiram na opinião comum de esta ser uma loja de solidariedade e não de caridade, com produtos de qualidade e que dignificam o projeto. O Presidente da Câmara, Fernando Jorge, destacou ainda o importante trabalho que tem sido feito pela equipa do CLDS, coordenada por Filipe Domingues.

A Loja Social é um dos projetos-chave dinamizados pelo CLDS, a par da Universidade Sénior que colaborou também para esta nova loja, com a identificação da mesma feita em madeira.

Enviar por E-mail

(* campos de introdução obrigatória)
CMO