Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Março 2021 nº78 Ano XVII
Oleiros
Cónego Martinho homenageado

cónego (2).jpgNuma iniciativa da comunidade Oleirense, realizou-se no passado dia 14 de setembro, em Oleiros, uma saudação de despedida ao Reverendo Cónego Martinho Cardoso Pereira. Ao serviço da Paróquia de Oleiros desde o dia 12 de outubro de 1980, este veio posteriormente a assumir as Paróquias de Mosteiro e Isna, acumulando funções nas três paróquias. O emotivo acontecimento reuniu cerca de 200 paroquianos que não quiseram deixar de se despedir, de uma forma expressiva, daquele que foi até ao passado mês de julho o seu pároco. Como lembrança, os presentes ofereceram-lhe uma imagem de Nossa Senhora da Conceição - padroeira da Paróquia de Oleiros.

Na ocasião houve espaço para alguns discursos. O primeiro foi proferido por Isabel de Jesus, em representação da comunidade paroquial, a qual relembrou a influência do Cónego Martinho na vida dos Oleirenses, assim como algumas das passagens bíblicas de referência para o sacerdote. De seguida, tomou da palavra José Santos Marques, presidente da Câmara Municipal durante 28 dos 34 anos em que o homenageado esteve ao serviço da paróquia, tendo realçado as qualidades humanas e a obra deixada pelo Cónego Martinho. Por último, Fernando Jorge, atual presidente da Câmara, enalteceu o trabalho do Cónego Martinho em prol da conservação do património histórico religioso e aproveitou o momento para oferecer uma lembrança - um relógio de bolso -, em nome do Município e dos Oleirenses.

No uso da palavra e de uma forma emotiva, o Cónego Martinho agradeceu o gesto de todos e evocou Nossa Senhora da Conceição, referindo que não se passava um dia sem que Lhe rezasse e pedisse por toda aquela comunidade que traz no coração. O sacerdote referiu ainda todos os grupos com os quais trabalhou, assim como a oportunidade que teve de exercer outra das suas vocações: o ensino.

Recorde-se que a 18 de julho de 2000 havia sido celebrado naquela vila o jubileu sacerdotal deste pároco, natural de Proença-a-Velha, concelho de Idanha-a-Nova. Com um percurso que o ligou ao ensino - aos 24 anos de idade era professor no Colégio Diocesano de Nossa Senhora do Almortão, em Idanha-a-Nova -, o Cónego Martinho, desempenhou também funções de Secretário do Bispo D. Agostinho de Moura. Pároco em Oleiros durante 34 anos, esta é uma personalidade culta e carismática que marcou a vida dos Oleirenses durante mais de 3 décadas. Detentor de um trato sóbrio e tocante, o Cónego Martinho entregou a sua vida a Deus e sempre deu valor ao património humano e religioso de Oleiros, apreciando a bondade das pessoas e a religiosidade que marca a índole deste povo. Atento à atualidade e com um sentido de serviço público, Cardoso Pereira foi também colaborador do Jornal Reconquista, durante sete anos, escrevendo quinzenalmente a página "Alvélos e Moradal", dedicada em exclusivo ao concelho de Oleiros.