Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Dezembro 2018 nº69 Ano XV
Finalistas conhecem Sophia, Tony Blair, Diretor do Twitch e Fundador do Tinder
Oleiros foi à Web Summit

os participantes.JPG

Num mundo cada vez mais conetado onde mais de 50% da população mundial utiliza a Internet, uma megaconferência de tecnologia com mais de 70 000 visitantes e mais de 800 oradores é, certamente, um dos eventos do ano.

A realizar-se desde 2016 em Lisboa, na FIL e, pelo menos, até 2028, tem como objetivos, e cito do site da Web Summit, "reunir os fundadores e diretores executivos de empresas de tecnologia, startups em rápido crescimento, políticos e chefes de estado para fazer uma simples pergunta: para onde vamos a seguir?".

Graças ao programa INSPIRE, da Web Summit, os alunos das turmas do 12.º A e 12.º B tiveram a oportunidade única de visitar a convenção no seu 2.º dia, quarta-feira, 7 de novembro, livre de custos. Esta experiência permitiu ver os empreendedores e investidores de hoje e utilizar as suas ideias nos nossos negócios do futuro; algo extremamente útil num mercado ultracompetitivo onde só as melhores ideias e as mais originais conseguem brilhar.

A primeira palestra que vimos na integra foi a de Helen Chiang, Chefe de Estúdio de Minecraft. Falou de como o jogo, após 7 anos e mais de 140 milhões de cópias vendidas, continua a vender e a inspirar novas gerações, de como é necessário encontrar equilíbrios para ter um jogo rentável e como, atualmente, mantém vendas imensas após o primeiro ano de lançamento. Para além disso, mostrou como o Minecraft, apesar de simples na superfície, estimula a criatividade, a capacidade de decisão e até a programação.

De seguida, deu-se um diálogo sobre o estado atual da indústria da tecnologia entre o ex-Diretor Executivo do Twitter, Dick Costolo, o fundador do Tinder, Sean Rad, tendo como moderador, da Yahoo Finance, JP Mangalindan. Da conversa destacam-se os avanços da tecnologia nos últimos anos, como as redes socias mudaram as nossas vidas, como consumimos notícias e Fake News nas redes sociais e como Trump usa o Twitter.

Para quem pensava em comprar um novo smartphone este foi o ponto alto do dia! Os youtubers Keaton Keller (TechSmartt), Tom Honeyands (The Tech Chap) e o blogger Kris Carlon (Android Authority) avaliaram e criticaram 5 smatphones em alta, enquanto Alex Cranz (Gizmodo) "conduziu" a conversa. No fim, o Google Pixel 3 acabou vencedor e o iPhone Xs acabou derrotado por não ser um upgrade que justifique a diferença de preços da edição do ano passado, o iPhone X.

Margrethe Vestager, Comissária Europeia para a Concorrência, veio informar-nos de como um mercado livre e justo é importante para o desenvolvimento de tecnologia e, como é imperativo acabar com monopólios para evitar a estagnação tecnológico.

"More than Gaming" (Mais do que jogos), foi a conversa que se seguiu moderada por Josh Constine, TechCrunch, onde, Kristen Garcia Dumont, Diretora Executiva de MZ, e Emmett Shear, Diretor Executivo da Twitch, a 2.ª maior plataforma de streaming e vídeos, falaram sobre o modo como os jogos interferem com, por exemplo, a vida social e como os videojogos são como qualquer outro passatempo na vida de uma criança.

Antes do almoço, houve tempo para a política. Tony Blair, Ex-Primeiro Ministro do Reino Unido, falou com Karen Tso, jornalista da CNBC. Tocaram nas incontornáveis midterms americanas que aconteceram no dia anterior: Trump e Brexit.

Após o almoço, e com as energias recarregadas, foi altura de nove startups subirem ao palco e conquistarem as carteiras dos investidores. Ethan Agarwal de Aaptiv, Vasco Calais Pedro de Unbabel, Kirsty Emery-Laws de Unmade, Kolton Andrus de Gremli, Mark Cummins de Point, Jill Layfield de Tamara Mellon, Jean-François Gagné de Element AI, Josh Luber de StockX e Sunil Sharma de Techstars subiram ao palco um(a) por um(a).

Eram 14:00h e estava na hora da cabeça de cartaz "subir" ao palco! Sophia, a robot, o seu "irmão" Han e o criador de ambos, Ben Goertzel, mostraram ao mundo, com alguns percalços, como é que a inteligência artificial está nos nossos dias, como estará no futuro e como tecnologia em blockchain é usada em inteligência artificial.

A penúltima apresentação do dia foi uma conversa entre investidores: Tom Stafford, de DST Global, Trae Vassalo, de Defy.vc e Juliet de Baubigny, de Kleiner Perkins, com moderação de Dan Brody, de Tencent. Uma conversa excelente para aqueles com qualquer tipo de negócio à procura de investimento, visto que os investidores falaram sobre o que é que eles procuram numa startup que necessita de alguns milhões para disparar no mundo nos negócios.

Por último, Matt Brittin, da Google, e Krishnan Guru Murthy, do Channel 4. A conversa focou-se na Google que celebrará o seu vigésimo aniversário este ano, e na controvérsia que a rodeava naquela semana como em 20 anos a Internet e a tecnologia mudaram.

Enviar por E-mail

(* campos de introdução obrigatória)
Alexandre Dias12.ºA