Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Dezembro 2018 nº69 Ano XV
Projeto tem valorizado o território
“Dez Freguesias, Dez Experiências” estão de regresso em 2019

experiencias (2).jpgO projeto Dez Freguesias, Dez Experiências, promovido pela Câmara de Oleiros, vai regressar em 2019 com mais cinco ateliês temáticos nas freguesias de Álvaro, Estreito-Vilar Barroco, Orvalho, Sarnadas de S. Simão e Sobral, informou a autarquia, em comunicado enviado ao nosso jornal.

Durante este ano, a iniciativa integrou cinco ateliês nas freguesias de Isna, Mosteiro, Oleiros-Amieira, Cambas e Madeirã, numa aposta que procurou valorizar o território.

Inserida na ação Beira Baixa Cultural, na categoria ateliês temáticos de cultura e gastronomia, no ano 2018, esta iniciativa permitiu que 785 participantes pudessem vivenciar experiências diferenciadoras, através da reinterpretação dos costumes e tradições imateriais, tendo assim uma oportunidade única de fazerem parte do extenso e riquíssimo histórico patrimonial do concelho.

"Percorrendo as freguesias do concelho, os ateliês foram pensados segundo um mesmo alinhamento: um passeio pedestre interativo (que proporciona experiências), uma recriação histórica (que promove a identidade das freguesias e um almoço temático (que promove o seu património gastronómico). Com a realização do passeio interativo, para além dos ativos histórico-culturais, são também valorizados os ativos naturais e paisagísticos", refere a autarquia.

Na mesma nota é revelado que "todos estes elementos são vetores de diferenciação, os quais, uma vez potencializados, têm contribuído para a projeção da região e desta forma, para a captação de fluxos turísticos".

Estes ateliês foram desenvolvidosexperiencias (4).jpg em parceria com as respetivas freguesias e 14 associações locais, a saber: Agrupamento 1080 CNE Oleiros, Associação Desportiva de Caça e Pesca de Oleiros, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oleiros, Associação Recreativa e Cultural de Melhoramentos da Cava, Associação Recreativa e Cultural de Oleiros, Associação Recreativa e Cultural de Vale do Souto, Casa do Benfica em Oleiros, Isna Sport Clube e Alvélos, Grupo Desportivo Recreativo e Cultural da Pisoria, Grupo de Amigos da Freguesia da Madeirã, Grupo Maltez Desportivo do Mosteiro, Pinhal Total, Rancho Folclórico e Etnográfico de Oleiros e Sociedade Filarmónica Oleirense. O seu envolvimento tem sido fundamental para a concretização e sucesso da iniciativa, pelo que o Município aproveita esta oportunidade para formular publicamente um agradecimento para todos, entre pessoas individuais e coletivas.

De referir que o projeto Beira Baixa Cultural é promovido pela Comunidade Intermunicipal e Municípios que a constituem, sendo cofinanciado pelo Fundo de Desenvolvimento Europeu / Portugal 2020. Nestes três anos, até ao final de 2020, no concelho de Oleiros, foram planeadas 16 ações distribuídas por quatro categorias. A operação visa construir uma rede de programação cultural destinada à valorização integrada do património, de modo a posicionar a região como um destino de excelência e atrativo para o turismo cultural, capaz de captar fluxos turísticos significativos e gerar emprego e riqueza no território.

Enviar por E-mail

(* campos de introdução obrigatória)